Banco de leite do HU da UEL registra aumento de 7% nas doações em 2021

O ano de 2021 foi positivo para o Banco de Leite Humano do Hospital Universitário (HU/UEL). No ano passado, o volume de leite doado em relação ao ano de 2020 subiu 7%, ainda que em cenário pandêmico. Foram 2.805 litros de leite pasteurizado recolhidos de todas as unidades de postos de coleta, espalhadas em Londrina, Rolândia, Cambé e Cornélio Procópio.  

O Banco de Leite atendeu 5.497 crianças em todo o ano de 2021 – uma média de 458 por mês – no próprio HU/UEL, Hospital Evangélico, Hospital do Coração (Unidade Bela Suíça), Maternidade Municipal, Hospital Infantil e Santa Casa de Misericórdia de Cornélio Procópio. O número representa um crescimento de 16% no montante de bebê atendidos em relação a 2020.

A enfermeira e coordenadora do Banco de Leite Humano, Leticia Costa, explica que o crescimento se deve justamente ao isolamento provocado pela pandemia. Com mais mães em trabalho remoto, aumentou o tempo de contato com os filhos. Por consequência, as mães amamentaram mais.

“Quanto mais estímulo, mais há produção de leite. Além disso, acredito que recebemos mais mães que tinham um grande volume de leite, já que a produção varia de mulher para mulher”, avalia. O Banco de Leite já havia registrado um aumento no volume de doações em 2020.

O setor também registrou alta no número de atendimentos em 2021. Em relação a 2020 foi 42% maior, envolvendo casos de manejo do aleitamento materno, dificuldades com a amamentação, lesões mamilares, mastite, ducto obstruído, entre outros. Esse aumento está diretamente relacionado ao crescimento de doações, pois as mulheres atendidas pelo Banco de Leite Humano são as que, por algum motivo, não conseguem retirar o excesso de leite.

Domiciliar

Há várias formas doar. Além dos pontos de coleta, o Banco faz visitas agendadas em domicílio para as mães que não conseguem retirar o leite sozinhas. 

Para agendar, basta entrar em contato com o Banco de Leite, que fica na Avenida Robert Koch, 60, em Londrina. As visitas são feitas somente no período da manhã, até o meio-dia, de segunda a sexta-feira. Quem se candidata a doar recebe, em casa, o kit de materiais para doação (frasco estéril, gorro, etiqueta de identificação do leite, entre outros). Em 2021, o Banco de Leite fez 2.189 visitas domiciliares, volume que praticamente se manteve em comparação a 2020.

Importância da doação

Doar leite é mais do que ajudar no desenvolvimento de centenas de bebês recém-nascidos. Considerado o melhor alimento disponível o leite materno diminui o risco de infecções, alergias, melhora o desenvolvimento fisiológico do bebê. O leite coletado é destinado a crianças prematuras das unidades atendidas pelo Hospital Universitário.

São bebês que, muitas vezes, não conseguem fazer a sucção do alimento. As mães dessas crianças, também em muitos casos, passam por situações de estresse e ansiedade devido à prematuridade da criança, o que diminui ainda mais a produção.

A doação de leite também é bastante benéfica para as mães. Quando há muita produção de leite sem retirada, segundo Letícia, a mulher pode até desenvolver um quadro de mastite – que pode ser causada tanto pelo acúmulo de leite quanto pela obstrução de algum ducto na mama.

Para agendar a doação, é necessário entrar em contato pelo telefone (43) 3371-2390. O Banco de Leite do HU fica na Avenida Robert Koch, 60. Também é possível comparecer aos postos de coleta abaixo:

Londrina

Maternidade Municipal Lucilla Ballalai: (43) 3372-9857

Hospital Evangélico de Londrina: (43) 3378-1235

Hospital do Coração / Bela Suíça: (43) 3305-8230

Cambé

Unidade de Lactação de Cambé (UNILAC): (43) 3174-0235

Rolândia

Unicoamor: (43) 3906-1142

Cornélio Procópio

Santa Casa de Misericórdia: (43) 3520-1600

Informações da Agência Estadual de Notícias