Marcha do Orgulho Crespo acontece neste sábado em Curitiba

Após dois anos no formato online em decorrência da pandemia de covid-19, a Marcha do Orgulho Crespo volta às ruas neste sábado (12) como parte das celebrações do Dia da Consciência Negra em Curitiba.

A marcha sai às 14h15 da Boca Maldita em direção à Praça Santos Andrade.

A programação, no entanto, começa pela manhã e prossegue depois da caminhada, com vários artistas e profissionais negros, atividades para crianças, apresentações de dança e música, contação de histórias, oficinas e rodas de conversa. 

Em sua sétima edição, a Marcha é uma ação organizada de forma colegiada por artistas, pesquisadoras e profissionais de beleza.

A Universidade Federal do Paraná (UFPR) é coorganizadora e a Prefeitura de Curitiba uma das apoiadoras oficiais (por meio da Fundação Cultural de Curitiba e da Assessoria de Promoção da Igualdade Étnico-Racial, além do Conselho Municipal de Promoção da Igualdade Étnico-Racial).

Afirmação

“Os crespos representam um símbolo de negritude pulsante, enaltecendo quem veio muito antes de nós”, explica a socióloga Neli Gomes da Rocha, coorganizadora do evento.

Para a assessora de Igualdade Racial do município, Marli Teixeira Leite, a valorização da cultura e da estética negra é uma forma de diminuir preconceitos na sociedade e ampliar a representatividade, contribuindo cada vez mais para assegurar direitos que são de todos.

Segundo Neli Gomes, a Marcha promove um “olhar sobre o cabelo de forma valorizada e não preconceituosa”. “O preconceito com o cabelo negro vem de muito tempo”, diz ela, que tem doutorado em estética negra.

Neli lembra que Curitiba é uma cidade diversa “e merece ter orgulhos de seus tons”.

“A Marcha é uma ação das mais relevantes para a cidade neste sentido também”, destaca Marli Teixeira.

Programação

Manhã – 9h às 12h

Oficina de penteados Afro – UFPR – Santos Andrade (Pátio Interno e Tenda)
Intercâmbio cultural entre migrantes africanas e mulheres negras do Brasil, mediante inscrição prévia e com certificação.

  •  9h às 12h – Atividades para as crianças – UFPR – Santos Andrade (Pátio Interno e Tenda)
  • 9h às 12h – Contação de Histórias – UFPR – Santos Andrade (Palco)
  • 9h às 12h – Dança: Afro House e Vogue – UFPR – Santos Andrade (Palco / Tenda)
  • 12h – Desfile penteados Afro (Palco/Tenda)
  • 12h – Roda de conversa com a Dra. Yalorixa Iyagunã Dalzira – Uso de ervas no tratamento capilar crespo – Pátio Interno da UFPR.

12h30 às 13h30 – Lanche – UFPR – Santos Andrade (Pátio Interno e Tenda).

Tarde

  • 13h30 – Concentração Marcha – Boca Maldita – Bloco Afro Pretinhosidade
  • 14h15 Início do percurso
    Trajeto: Boca Maldita – Rua XV de Novembro – Al. Dr Muricy – Av. Mal. Floriano Peixoto – Rua Monsenhor Celso – Rua Riachuelo/Barão do Rio Branco – Rua Presidente Faria – Praça Santos Andrade – Fim do Percurso

Praça Santos Andrade

15h15 às 20h30

 Apresentações Culturais (Palco/Tenda)

  • 15h15 – Princesas do Ritmo
  • 16h – Day Paixão
  • 16h45 – Mayo Harphya
  • 17h às 17h45 – Siamese
  • 18h às 18h45 – Wes Ventura
  • 19h às 20:30 – MUV e Michele Mara.

Informações da Prefeitura de Curitiba