Cão da Polícia Civil é homenageado pela Câmara de Vereadores de Maringá

A Polícia Civil recebeu uma homenagem nesta terça-feira referente à atuação de um dos cães e seu condutor, em Maringá, na região Norte do Paraná. É a primeira vez que um dos cachorros da instituição é homenageado individualmente,

O título de mérito comunitário foi concedido pela Câmara de Vereadores de Maringá ao cão Chris Cornell e ao investigador Marcos Shinnae. 

Uma sessão comum do Legislativo se tornou especial com a presença de Chris, o primeiro cão policial da PCPR no Norte do Estado. A atuação dele com o condutor Shinnae chama atenção, pois juntos eles colaboraram na apreensão de cerca de sete toneladas de entorpecente no Paraná e em Santa Catarina no último ano. A dupla também apreendeu armas e munições. 

Chris foi doado por empresários de Maringá e se tornou o primeiro animal “admitido” no canil da PCPR no Norte do Estado. O pastor alemão de três anos chegou na instituição em 5 de setembro de 2020. Junto com Shinnae, o cão policial tem uma rotina intensa de ocorrência, principalmente na região Norte do Paraná. 

“A recepção na Câmara de Vereadores foi muito boa, foi dada muita atenção à instituição, pelo serviço prestado pelo canil”, relata o investigador da PCPR homenageado. Durante a sessão, Chris ficou entretido com uma bolinha até receber no pescoço a placa de menção honrosa com a frase: “Um homem, um cão, qualquer missão”. A dupla recebeu um certificado, além das placas. 

“Deram bastante ênfase ao cão policial, ele posou para fotos e recebeu a homenagem dos vereadores. Estamos muito felizes com o reconhecimento”, conta Shinnae.  

Com informações da assessoria de imprensa