Motoristas fazem fila em postos para encher o tanque antes de novo aumento

Após a Petrobras anunciar o reajuste nos preços de venda da gasolina e do diesel para as distribuidoras, válido a partir desta sexta-feira (11), motoristas de Curitiba estão fazendo fila nos postos de combustíveis tentando aproveitar o menor valor.

Em um posto localizado no bairro Santa Quitéria, a pista direita da rua Rezala Simão estava cheia de carros aguardando a sua vez de abastecer. No estabelecimento, o litro da gasolina ainda está custando R$ 6,42.

Renato era um dos motoristas que estavam na fila. Ele disse que foi aproveitar o preço antigo, pois com o aumento vai ficar difícil abastecer. “Vou ter que vender o carro e comprar moto”, comenta.

Já Fernanda, que precisa levar os filhos para a escola, lamentou o aumento. “É optar por pagar mais caro, porque não tem como andar menos de carro”, desabafa.

Apesar do reajuste ainda não estar em vigor, já tem postos em Curitiba que subiram o preço do combustível. Em um deles, o valor da gasolina comum subiu para R$ 7,39, e a aditivada foi para R$ 7,59.

Reajuste no preço dos combustíveis

O preço médio de venda da gasolina da Petrobras para as distribuidoras passará de R$ 3,25 para R$ 3,86 por litro. Para o diesel, o valor subirá de R$ 3,61 para R$ 4,51 por litro.

Já a venda do gás de cozinha para as distribuidoras subirá de R$ 3,86 para R$ 4,48 por kg, equivalente a R$ 58,21 por 13kg, refletindo reajuste médio de R$ 0,62 por kg.

Colaboração Bruno Romualdo/Rede Massa – SBT