Obras da Sanepar interrompem abastecimento na RMC nas próximas semanas

A Sanepar comunicou que, a partir da próxima semana, uma série de obras no sistema de abastecimento na Região Metropolitana de Curitiba vai causar a suspensão parcial do fornecimento de água. Segundo a companhia, são obras que já estavam planejadas com o objetivo de melhoria e ampliação do sistema para atender ao crescimento das cidades.

ETA Passaúna

Na segunda-feira (18), começa mais uma etapa da série de melhorias na Estação de Tratamento de Água (ETA) Passaúna. As obras, que começaram no fim de dezembro, entram em uma nova fase que vai suspender parcialmente o abastecimento de água em bairros de Curitiba, Araucária, Campo Largo, Almirante Tamandaré e Campo Magro.

Será feita a recuperação da estrutura de um floculador da ETA, o que vai levar à interrupção do funcionamento do módulo, reduzindo em 25% a produção de água. A estação Passaúna tem quatro módulos floculadores. Os outros três continuarão funcionando normalmente.

A parada parcial do fornecimento de água ocorrerá de segunda a quinta-feira, durante duas semanas (de 18 a 21 e de 25 a 28 de abril). A Sanepar afirma que a manobra será feita de forma a não afetar sempre os mesmos moradores na mesma semana. Haverá um escalonamento entre os bairros, conforme as tabelas abaixo. Confira:

Segundo a companhia, em cada dia cerca de 170 mil pessoas podem ficar sem água. A recomendação é, que nos dias programados, o uso da água seja priorizado para alimentação e higiene pessoal.

Corte Branco

Na terça-feira (19), será feita a manutenção preventiva nas instalações elétricas no Reservatório do Corte Branco, em Curitiba, que irá afetar o abastecimento em algumas regiões. De acordo com a Sanepar, a manutenção é necessária para manter a confiabilidade e a segurança operacional do sistema. O Corte Branco é um dos mais importantes reservatórios do sistema de abastecimento de água da cidade. Com capacidade de armazenar 26 milhões de litros, recebe água da Estação de Tratamento Iguaçu e contribui para o abastecimento de mais de 30 bairros da região.

A manutenção será feita das 8h às 14h, e a previsão é que a normalização ocorra em torno das 8h de quarta-feira (20).

Bairros afetados:

Curitiba: Cajuru, Guabirotuba, Jardim das Américas, Uberaba, Água Verde, Boqueirão, Capão Raso, CIC, Fanny, Fazendinha, Guaira, Hauer, Lindoia, Novo Mundo, Pinheirinho, Portão, Santa Quitéria, Seminário, Vila Izabel, Xaxim, Alto Boqueirão, Ganchinho, Sítio Cercado, Santa Quitéria, Tatuquara, Campo de Santana, Caximba, Umbará, Batel, Centro, Rebouças,  Cabral, Juvevê, Hugo Lange, Alto da Glória, Jardim Social, Bacacheri, Alto da XV, Cristo Rei, Prado Velho, Jardim Botânico, Ahú, Bigorrilho, Bom Retiro, Centro Cívico, Mercês, São Francisco, São Lourenço, Boa Vista, Atuba, Santa Cândida, Tingui, Abranches, Vista Alegre, Cascatinha, São João, Pilarzinho, Campina do Siqueira, Seminário, Barreirinha e Cachoeira.

Araucária: Campina da Barra, Costeira, Iguaçu, Tindiquera e Cachoeira.

Fazenda Rio Grande: Dos Estados, Iguaçu, Santa Terezinha, Jd. São Lourenço, Jd Brilhante, Jd Kokubo, Ipê, Eucaliptos, Nações, Eucaliptos, Hortência e Santarém.

Interligação

Na quinta-feira (21), a Sanepar fará a interligação do novo reservatório Sítio Cercado à adutora que transporta água para o Reservatório Tatuquara. Para fazer o serviço, será necessário interromper o fluxo da tubulação, afetando o abastecimento nos seguintes bairros de Curitiba: Campo de Santana, CIC, Ganchinho, Pinheirinho, Sítio Cercado, Tatuquara e Umbará.

O serviço terá início às 5 horas da manhã de quinta (21), e a normalização do abastecimento ocorrerá até as 17 horas de sexta-feira (22).

Essa interligação faz parte de um conjunto de obras que atualiza o modelo de distribuição de água para atender ao crescimento populacional e melhorar a integração do sistema de abastecimento da RMC, seguindo indicação do Plano Diretor do Sistema de Abastecimento Integrado (SAIC).

O reservatório do Sítio Cercado tem capacidade de armazenar 10 milhões de litros. Assim que for concluída a obra, ele será integrado ao sistema, junto com outros três novos reservatórios: de Santa Quitéria (10 milhões de litros), Lamenha Pequena (3 milhões de litros) e Butiatuvinha (2,2 milhões de litros). Essas estruturas já estão prontas e irão elevar a capacidade de reservação para 414 milhões de litros.

A Sanepar está concluindo a implantação de 107 quilômetros de redes e adutoras, que tem o objetivo de interligar a nova estrutura de reservação ao sistema existente, para tornar mais dinâmica a distribuição da água na Região Metropolitana.