Obras da usina solar do Caximba têm vagas abertas para trabalhadores

O canteiro de obras da futura usina solar do Caximba, no Campo de Santana, em Curitiba, pode ser uma opção para quem busca se recolocar no mercado de trabalho. O local tem 30 vagas abertas aos interessados em atuar na construção civil e instalação de estruturas fotovoltaicas (destinadas a transformar a radiação solar em energia) e se juntar aos 65 trabalhadores já contratados.

Para se candidatar às vagas para trabalhar nas obras da usina, basta contatar a empresa Bonö Fotovoltaico pelo telefone (41) 99271-5147 (Gilberto).

A usina de energia limpa de matriz solar está sendo construída sobre um aterro sanitário desativado. Serão 8.596 placas de energia solar colocadas sobre 614 estruturas de ferro galvanizado e apoiadas em bases concretadas. Com este porte e características, será a primeira da América do Sul.

Durante 20 anos, a área recebeu 12 milhões de toneladas de lixo de Curitiba e da Região Metropolitana, intercaladas com camadas de terra.

A previsão é de que a instalação de toda a estrutura esteja pronta em dezembro. Em breve, será implantada a linha de distribuição e iniciados os testes, com a entrega da produção para a Copel. Em março, o fornecimento passará a ser contínuo.

Informações da Prefeitura de Curitiba