Paraná tem recorde no abate de suínos e mantém liderança na produção de carne de frango

O Paraná bateu o recorde na produção de carne de porco no terceiro trimestre de 2021, com o maior número de animais abatidos desde 1997, início da série histórica do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Entre julho e setembro foram 2,8 milhões de suínos abatidos, com a produção de 269,5 mil toneladas de carne.

Segundo a Pesquisa Trimestral de Abate de Animais, divulgada nesta quarta-feira (8) pelo IBGE, o estado também mantém a liderança no abate de frango, sendo responsável por um terço da produção avícola do país. No terceiro trimestre, foram abatidas 518,3 milhões de aves e produzidas 1,2 milhão de toneladas de carne.

Apesar da redução com relação ao trimestre anterior, o abate de gado de corte no terceiro trimestre ainda foi maior que nos primeiros três meses do ano. Foram abatidas, entre junho e setembro, 299.848 cabeças. A produção estadual de carne bovina no período foi de 77,2 mil toneladas.

Além de dominar a produção avícola, o Paraná fica atrás apenas de Santa Catarina na suinocultura e está entre dez maiores produtores de carne bovina do país.

No ano

No acumulado do ano, o Paraná somou mais de 8 milhões de porcos abatidos e 767,2 mil toneladas de carne produzidas, 21% da produção nacional, que chegou a 3,7 milhões de toneladas em 2021. Julho foi o melhor mês do ano na suinocultura paranaense, com o abate de 698,4 mil suínos e a produção de 91,8 mil toneladas de carne.

Na produção avícola, 1,55 bilhão de frangos foram abatidos no Estado entre janeiro e setembro. Foram 524,4 milhões de cabeças no primeiro trimestre, 514,1 milhões no segundo e 518,3 milhões no terceiro. Com isso, o estado somou 3,6 milhões de toneladas de carne de frango no período. No País, foram abatidas, no ano, 4,6 bilhões de aves e produzidas 10,9 milhões de toneladas de carne.

No acumulado do ano, a produção atingiu 229,4 mil toneladas de carne de boi no estado, com o abate de 899,5 mil cabeças no período. Foram 74,6 mil toneladas no primeiro trimestre, 77,5 mil toneladas no segundo e 77,2 mil toneladas no terceiro. No Brasil, a produção bovina no ano somou 5,5 milhões de toneladas, com o abate de 20,6 milhões de cabeças de gado.

Informações da Agência Estadual de Notícias