Após suspensão de liminar, Autódromo Internacional de Curitiba volta a receber máquinas de demolição

A pista do Autódromo Internacional de Curitiba (AIC), localizada em Pinhais, na Região Metropolitana, voltou a receber máquinas de demolição nesta terça-feira (11).

Em dezembro, a Justiça havia decidido suspender as obras do local, por meio de uma liminar expedida pela Vara da Fazenda Pública da Comarca. Entretanto, essa liminar foi suspensa na última semana.

Com a autorização da Prefeitura de Pinhais, a empresa Bairru Urbanismo, responsável pelo projeto, retomou as obras no Autódromo, com a retirada de partes da pista, dos boxes e arquibancadas.

O projeto prevê a construção de um novo bairro, com áreas de lazer, casas e escritórios. A prefeitura alega que o projeto vai conciliar o urbanístico e a preservação do espaço histórico e cultural.

A demolição é polêmica. O morador Diogo Barbosa, por exemplo, é contra o fechamento do Autódromo. Ele comenta que frequenta o espaço desde criança e que faz parte do movimento Save the AIC, que luta pela manutenção do local que é um tombamento histórico.

Integrante do Save the AIC, Max Schrappe diz que o movimento vai recorrer a decisão na Justiça.

Colaboração Marcos de Patto/Rede Massa.