Operação transfere 50 detentos do Litoral para a Casa de Custódia de Piraquara

O Departamento de Polícia Penal (Depen) coordenou uma operação para a transferência de 50 detentos das carceragens do Litoral para Piraquara, na Região Metropolitana de Curitiba. A escolta dos veículos de transporte de detentos, que aconteceu nesta quarta-feira (29), contou com o apoio da Polícia Militar, da Polícia Civil (PCPR) e do helicóptero do Grupamento de Operações Aéreas (GOA).

De acordo com o gestor da Cadeia Pública de Guaratuba, Joao Paulo Schlemper, a remoção dos detentos é uma das prioridades do Depen no Litoral. “O sucesso da operação é de extrema importância neste início de temporada, pois permite um esvaziamento das carceragens da região, momento em que há uma grande movimentação de pessoas e, consequentemente, mais prisões”, explica.

Os presos foram realocados à Casa de Custódia de Piraquara (CCP), que conta com espaço mais adequado para o gerenciamento da população carcerária.

Desde o início das ações do Depen pelo Verão Paraná 2021/2022, em 10 de dezembro, até a última terça-feira (28), 223 presos entraram no sistema prisional e 138 deles já foram transferidos para outras unidades da Região Metropolitana da capital, justamente para impedir que as unidades prisionais e delegacias das cidades litorâneas fiquem sobrecarregadas.

A Polícia Civil também integrou a operação de transferência com apoio na escolta do comboio e acompanhamento aéreo durante todo o trajeto.

O oficial de planejamento da PM no Verão Paraná – Viva a Vida, capitão Wagner Araújo, destaca que neste período o Litoral precisa ter espaços para receber presos devido ao aumento de ações policiais. “O apoio da PM tem sido constante à Polícia Penal e, agora, na temporada de verão continuamos a trabalhar em parceria. Desde o início dos trabalhos, já fizemos dezenas de prisões e as transferências são necessárias para que as carceragens não lotem”, afirmou.

Informações da Agência Estadual de Notícias