Prefeito da região de Maringá resgata mulher sequestrada pelo ex

O prefeito de Pitangueiras, Samuel Teixeira (Avante), resgatou uma jovem de 25 anos que foi sequestrada pelo ex-namorado, agredida e mantida em cárcere privado por algumas horas. O caso foi registrado no sábado (11), no município que fica a pouco mais de 60 km de Maringá.

Samuel é prefeito e também sargento da reserva da Polícia Militar (PM). Ele atuou em Pitangueiras até assumir o atual mandato, em 2019. O munícipio não possui policiamento próprio e é atendido pela PM de Astorga.

O prefeito disse que estava em casa, quando recebeu um pedido para atender o caso. Ele conta que o homem foi até a casa da ex para tirar satisfação porque a viu conversando com outro rapaz. Ele estava armado com uma pistola 380 e efetuou disparos.

“Ele chegou na casa armado, e na casa estavam a menina, a mãe dela e o padrasto. No portão, ele chamou pela garota e já começou a efetuar os disparos, três acertaram a residência. Todo mundo ficou muito assustado […] Na sequência, o atirador pegou a menina, colocou ela no carro e a levou até um local. Ali, ele bateu nela e deu várias coronhadas na vítima”, afirmou.

O prefeito disse, ainda, que conseguiu descobrir o local do cativeiro e negociou a liberação da vítima.

“Quando eu cheguei na casa e tive a certeza que ele estava lá, eu chamei no portão e ele já gritou de lá: ‘Eu estou saindo Samuel, estou saindo’, porque ele me conhece. Eu estava com a arma em punho, pedi para ele mostrar as mãos, aí ele jogou a arma e fiz a prisão”, relatou.

No cativeiro foram encontradas 100 pedras de crack e maconha. O homem já tem passagens pela polícia, foi preso e encaminhado para a delegacia de Astorga. A vítima foi levada para atendimento médico em Rolândia.

O prefeito informou que já solicitou ao Governo do Estado uma equipe da PM para atender exclusivamente Pitangueiras. “Eu tenho muito trabalho como prefeito, não tem como ficar sendo polícia a toda hora”, comentou.

Matéria publicada pelo portal GMC Online, parceiro do Massa News