Polícia apreende mais de R$ 20 milhões em pasta base de cocaína na RMC

A Polícia Civil apreendeu 240 quilos de pasta base de cocaína e prendeu cinco pessoas em Curitiba e Região Metropolitana. A apreensão gera um prejuízo de aproximadamente R$ 20 milhões ao crime organizado. A ação ocorreu após investigações de alta complexidade que duraram vários meses. Entre os presos estão quatro homens, com idades entre 33 e 38 anos, e uma mulher, de 30.

De acordo com o delegado Guilherme Fagundes, do Centro de Operações Policiais Especiais (Cope) da Polícia Civil, as equipes que investigam o grupo criminoso acompanhavam um Gol que saiu de uma chácara em Araucária e seguiu até Colombo. No destino, os ocupantes do carro deixaram dez tabletes de pasta base de cocaína no endereço. Na sequência, o grupo seguiu até Curitiba para fazer uma nova entrega, mas o veículo foi abordado.

O carro usado pelos traficantes tinha alerta de roubo no Rio Grande do Sul e os ocupantes foram presos em flagrante. As equipes do Cope, então, retornaram até a chácara de Araucária, onde encontraram 245 tabletes da droga. Outros quatro veículos e uma arma de fogo também foram apreendidos, assim como anotações referentes ao comércio da droga.

Fagundes explica ainda que o prejuízo estimado ao tráfico de drogas seria de aproximadamente R$ 20 milhões, considerando que o produto seria revendido apenas no Brasil. Caso o grupo comercializasse o entorpecente para o exterior, o lucro poderia ultrapassar os R$ 60 milhões.

Os quatro homens presos já tinham passagens pela polícia, mas a mulher ainda tinha a ficha limpa. As investigações continuam para identificar outros envolvidos com a quadrilha.