Justiça vai pagar motoristas e cobradores de Ponta Grossa com dinheiro da VCG

A expectativa da categoria é receber nesta quinta-feira (6) ou no máximo na sexta-feira (7) o salário referente ao mês de março

A Justiça do Trabalho solicitou à Viação Campos Gerais (VCG) a conta dos trabalhadores para transferir o dinheiro bloqueado da empresa, que é responsável pelo transporte coletivo de Ponta Grossa. O pedido atende a solicitação do Sindicato dos Motoristas e Trocadores, que querem receber o que é devido desde março.

Não há informações sobre o valor que será transferido e se ele dará cobertura aos mais de R$ 2 milhões em atraso. Na última semana, ao rastrear as contas da VCG, a justiça bloqueou R$ 367 mil. Mas, de lá para cá, mais dinheiro entrou nas contas bloqueadas, e será transferidos aos trabalhadores.

A expectativa da categoria é receber nesta quinta-feira (6) ou no máximo na sexta-feira (7) o salário referente ao mês de março.

Porém, existe apreensão entre os funcionários em relação aos salários de abril, que vencem nesta sexta-feira. Parte dos trabalhadores esperam que, além do que já está atrasado, também sejam pagos os salários deste mês. Nos bastidores, já se fala em uma paralisação geral caso eles não recebam os pagamentos.

Paralelo a isso, a VCG pediu uma audiência de conciliação com a Prefeitura de Ponta Grossa na Justiça do Trabalho. A intenção é tentar um acordo, em busca de subsídios, para fazer os pagamentos dos trabalhadores e outras contas da empresa.

Veja mais detalhes na reportagem do Tribuna Massa Ponta Grossa desta quinta-feira (6):