Prefeitura cederá espaços públicos para realização de lives artísticas

A Fundação Municipal de Cultura lançou, nesta semana, um edital de ocupação das unidades culturais para transmissão de lives. O Ocupa PG tem como objetivo fazer com que artistas que tiverem interesse possam utilizar destes os espaços para que através das redes sociais possam divulgar e até monetizar seus trabalhos. O agendamento das apresentações on-line poderá ser de teatro, dança, música, desde que respeitem a quantidade de pessoas do decreto em vigor.

O presidente da FMC, Alberto Portugal, explica que o edital tem como intuito fazer com que a produção cultural de Ponta Grossa continue viva e atuante, mesmo com medidas de isolamento e distanciamento social. De acordo com ele, espaços como Centro de Cultura, Teatro Ópera, Conservatório de Música, entre outros equipamentos culturais públicos, poderão ser utilizados para transmissão ao vivo, no formato de live. “Não podemos abrir ainda estes lugares para receber público, mas podemos fazer destes espaços palco para que a produção artística e cultural da cidade possa ser difundida”, ressalta.

Portugal comenta ainda que os artistas poderão utilizar das plataformas digitais para captação de recurso, disponibilizando o vídeo da transmissão o QR Code do PIX do grupo teatral e de dança ou mesmo banda e dupla sertaneja, por exemplo. “Precisamos dar condições para os artistas mostrarem seus trabalhos, mas também contar com formas de monetizar, considerando a impossibilidade de apresentações presenciais com cobrança de ingresso.

Lembrando que estes recursos serão exclusivamente dos artistas e a cessão do espaço não terá custo”, salienta, o presidente da FMC, que complementa que será disponibilizado também do QR Code PIX para doações para a campanha ‘PG Sem Fome’.

A FMC alerta que a Prefeitura cederá toda a estrutura técnica, como mesa de som, microfones, iluminação, internet banda larga, justamente para que as apresentações fiquem com o devido aspecto profissional. Além disso, informa que a transmissão ficará por conta do artista, mas que será replicada nas redes sociais da Fundação. “Desta forma, mesmo sendo replicado pela Fundação, os artistas terão como divulgar com antecedência e chegar no seu público, em seus seguidores”, finaliza Portugal.

O edital do Ocupa PG já está disponível na página da FMC.

Informações da assessoria de imprensa.