Acusado de matar youtuber Isabelly vai a júri popular em novembro

O caso do assassinato da youtuber Isabelly Cristine dos Santos irá a júri popular no dia 24 de novembro. Acusado de matar a adolescente de 14 anos em 2018, Éverton Vargas sentará no banco dos réus a partir das 9 horas no Auditório Primavera, em Pontal do Paraná.

A acusação espera que Vargas receba condenação máxima pelos crimes de homicídio qualificado por motivo torpe e porte ilegal de arma de fogo.

O júri será presidido pela Juíza de Direito Cristiane Dias Bonfim Godinho.

Relembre o caso

O crime aconteceu em fevereiro de 2018, quando Isabelly foi atingida por um tiro na cabeça na PR-412, na cidade do litoral do Paraná. À época, a polícia apurou que o crime teria sido cometido durante uma briga de trânsito. A jovem chegou a ser socorrida, mas morreu poucas horas depois, no hospital.

A defesa do réu, à época do crime, argumentou que ele atirou contra o veículo porque, supostamente, o motorista do carro teria ameaçado os ocupantes do veículo dirigido por Vargas. Ele foi denunciado por homicídio qualificado e porte ilegal de arma de fogo, e seu irmão, como cúmplice no crime e embriaguez ao volante. Eles chegaram a ser presos, mas o irmão dele foi liberado menos de um ano depois e responderá apenas pelo crime de trânsito.

Leia mais