Processo seletivo do IAT selecionará 41 estudantes como bolsistas temporários

O Instituto Água e Terra (IAT) está com vagas para contratação de estudantes das áreas de administração, ciências contábeis e economia. A contratação será por meio de Processo Seletivo Simplificado (PSS). São 41 vagas, sendo 21 para Curitiba e uma disponível para cada um dos 20 escritórios regionais do órgão no interior do Paraná.

Os candidatos serão contratados como bolsistas para atuar em “Novas metodologias para aprimorar o desenvolvimento de projetos no contexto da gestão ambiental paranaense”, iniciativa que tem o objetivo de envolver o conhecimento de universitários para aperfeiçoar as atividades do órgão estadual. 

Áreas

O projeto desenvolve atividades nas áreas de gestão ambiental e saneamento; uso de novas tecnologias na gestão ambiental e territorial, inovação na gestão e nos procedimentos do IAT e modernização da gestão do patrimônio natural. O contrato tem duração de dois anos, com bolsa de R$ 745 para seis horas de trabalho por dia.

O IAT conta com 110 bolsistas atuando em dois projetos, contratados desde 2019.

Inscrições

As inscrições são gratuitas e devem ser feitas até o dia 31 de maio, por meio do e-mail [email protected] Para participar da seleção, os candidatos precisam preencher o requerimento de inscrição.

O e-mail deve ser identificado com o assunto “Inscrição – Edital Nº 01/2022 – Bolsistas Graduandos”. A relação dos candidatos aprovados será divulgada a partir do dia 27 de junho, no site do IAT.

Também é preciso apresentar a certidão de matrícula ou equivalente da instituição de ensino em que está matriculado, o histórico escolar atualizado, carteira de identidade e CPF, Curriculum Lattes e documentação, declaração de que não possui vínculo empregatício e de que não recebe bolsa financiada por programas oficiais, exceto quando se tratar de auxílio de assistência estudantil.

Estudantes inseridos na categoria de situação de vulnerabilidade socioeconômica devem apresentar a declaração e cópia do CadÚnico.

Informações da Agência Estadual de Notícias