Mãe e filha que morreram afogadas em cachoeira por tromba d’água são identificadas

Além delas, um homem, de 44 anos, que seria cunhado de Andrea, também não resistiu

Uma família, que aproveitava o feriado desta quarta-feira (22), morreu após ser surpreendida por um fenômeno conhecido como tromba d’água, em Quatro Barras, na região metropolitana de Curitiba. Mãe e filha de 46 e 9 anos estão entre as vítimas.

Andrea Michalski e Ana Sophia Michalski estavam cruzando a cachoeira quando o nível da água subiu repentinamente e arrastou as vítimas por mais de 700 metros. Os corpos de mãe e filha foram resgatados pelo Grupamento Ostensivo de Socorro Tático (Gost). Além delas, um homem, de 44 anos, que seria cunhado de Andrea, também não resistiu.

(Foto: Colaboração/Rede News 24h)

A cachoeira fica em um propriedade a 10 quilômetros da Estrada da Graciosa. O proprietário, segundo os bombeiros, teria alertado as vítimas sobre a possibilidade de acontecer o fenômeno já que o tempo estava nublado e chovia na região serrana.

Os corpos foram identificados na manhã desta quinta (22), no Instituto Médico-Legal (IML) de Curitiba. O local velório e sepultamento da família ainda não foi divulgado.

(Foto: Reprodução/Facebook)