Tio Mallas: o barbeiro premiado que ganhou o coração das crianças

Carlos Malla, mais conhecido como Mallas Barber, tem 28 anos e trabalha como barbeiro. Com seis prêmios na área, já cortou ou arrumou o cabelo de algumas personalidades, como o Supla e jogadores de futebol. No entanto, ele tem uma clientela ainda mais especial: as crianças.

Na profissão, a história de Malla começa no final de 2015, quando fez uma escolha que mudaria sua vida. Desempregado e sem dinheiro, o jovem aceitou a proposta da tia: ela parcelaria um curso que ele desejasse fazer. No entanto, a condição é que ele pagasse pelas aulas.

Sem saber o que escolher, o jovem decidiu fazer um curso de barbeiro. Como não tinha dinheiro para pagar, começou a vender produtos de limpeza de um homem que morava na mesma rua que ele, em Colombo.

Foto: Arquivo pessoal

Enquanto fazia o curso, Malla fez um anúncio procurando emprego. Um homem que tinha uma barbearia em Campina Grande do Sul viu a postagem e entrou em contato, oferecendo um trabalho.

Nesse local, Malla trabalhou durante dois anos. Depois disso, ficou mais um ano em outras barbearias. Foi quando percebeu que havia conquistado uma clientela fiel e decidiu montar o próprio negócio. E neste mês de agosto, no dia 1º, o barbeiro celebrou o aniversário de três anos do Studio Mallas.

Foto: Arquivo pessoal

As crianças e o tio Malla

E não é possível falar de Malla como barbeiro sem citar a participação das crianças. Logo no início, ele começou a receber clientes infantis. E, como uma mágica, ele conseguia cortar tranquilamente o cabelo dos pequenos.

“As crianças têm um carinho especial e eu acho muito legal isso”, conta.

Foto: Arquivo pessoal

Antes de montar a própria barbearia, recebia mensagens de pais, perguntando onde estava trabalhando, pois os filhos não deixavam mais ninguém cortar o cabelo deles. Ele conta que alguns pais faziam um longo trajeto, apenas para o filho ser atendido pelo ‘tio Malla’.

Quando abriu a barberia, Malla viu sua clientela antiga retornar. Além dela, começou a receber crianças autistas. Para atender bem esse novo público, ele conta que começou a fazer pesquisas. “Eu fui estudando, vendo alguns vídeos para entender um pouco mais. Fui entendendo como eles gostam de ser tratados”, diz o barbeiro.

Foto: Arquivo pessoal

Carlos acredita que as crianças gostam dele porque ele as deixa livres. O barbeiro explica que quando atende uma criança tenta pensar igual a ela. Segurar ou forçar o pequeno a ficar parado durante o corte, não são opções para ele. “Eu digo para os pais, deixa ele pular, fazer o que quiser. Eu vou cortando assim mesmo. Ninguém quer fazer nada forçado”, conta.

O cuidado com os menores também faz parte de uma experiência própria. Malla tem dois filhos: dois meninos, que têm seis e sete anos. Ele conta que antes de ser barbeiro, levou um deles para cortar o cabelo. Nesse dia, o profissional machucou seu filho. Depois disso, o menino ficou um bom tempo sem deixar alguém mexer no cabelo.

Foto: Arquivo pessoal

Por isso, quando são tratadas com carinho e respeito, as crianças começam a se sentir mais confiantes e deixam de ter medo. “Eu vi que faltava dar mais atenção para elas”, revela.

Pais e filhos

Atualmente, Malla acredita que tem uma clientela dividida entre crianças e adultos. Ele conta que é comum que pais e filhos visitem a barbearia e cortem o cabelo juntos.

Esse é o caso de Hewerton Castilho. Ele conta que leva o filho Bernardo, 3 anos, até a barbearia e já aproveita para renovar o corte.

“O Carlos tem um cantinho para as crianças. Geralmente vou com ele e nós dois cortamos o cabelo. Enquanto eu faço barba, ele fica brincando. Depois só fica difícil sair da barbearia, pois ele gosta muito de estar lá”, relata Hewerton.

Bernardo é cliente de Carlos desde quando tinha um ano e meio. O pai explica que a criança é autista e que desde o primeiro corte, Malla começou a fazer uma adaptação.

No início, Bernardo não gostava do barulho da máquina. Por isso, Carlos fazia o corte apenas com tesoura e, aos poucos, foi acrescentando o outro aparelho. Atualmente, Hewerton conta que o filho aceita os cortes com a máquina tranquilamente.

Prêmios

Em seis anos, a vida de Carlos mudou e ele revela que é uma feliz surpresa ver todas as conquistas ao longo desse tempo.

Mallas coleciona seis prêmios: Barbeiro Destaque de Quatro Barras; Navalha de Ouro 2019, dois Barber Destaque 2020 (representando o Paraná em dois eventos diferentes) e dois Barber Destaque 2021.

E para este ano, está confiante em ganhar mais um, já que foi indicado, novamente, como barbeiro destaque.

Além das premiações, ele também dá cursos em barbearias, workshops e palestras.

Studio Mallas

O Studio Mallas está localizado na Avenida Dom Pedro II, no centro de Quatro Barras, na Região Metropolitana de Curitiba.

O atendimento ocorre por agendamento.

Malla também divulga seu trabalho nas redes sociais, conheça.