Massa News, notícias do Paraná e do Brasil

Curitiba, PR
Clima
29.3ºC
Massa News, notícias do Paraná e do Brasil

Ratinho Júnior toma posse para o segundo mandato como governador

O governador reeleito fez um balanço do primeiro mandato e falou das metas para os próximos quatro anos.

Andrey Princival Gabardo

Andrey Princival Gabardo

Foi realizada na manhã deste domingo (1º) na Assembleia Legislativa do Paraná (Alep) a posse do governador Carlos Massa Ratinho Júnior (PSD) reeleito em primeiro turno, nas eleições de 2022.

Foto: Reprodução/Instagram

Realizações do primeiro mandato

O governador reeleito fez um balanço do primeiro mandato.”Conseguimos algumas realizações históricas para o Estado. Primeiro, o Paraná passou a ser a quarta economia do país. Hoje temos a melhor educação do Brasil. Quando eu assumi o governo era a sétima. Nós temos o maior programa de habitação do país, que é o programa Casa Fácil. Passamos a ser o Estado mais sustentável do Brasil. Tivemos um recorde na geração de empregos, com 400 mil vagas com carteira assinada, nesses 4 anos de governo.

Ratinho Júnior falou sobre as dificuldades encontradas no primeiro mandato. “Foi um governo em um período muito difícil, de pandemia. Tivemos uma crise hídrica no estado, que foi a pior dos últimos 91 anos. Tivemos que ter uma grande dedicação para que o Estado não parasse e as pessoas não sentissem tanto essas dificuldades. Foi um mandato de muita entrega, não só minha mas de toda a equipe“, declarou.

Segundo mandato

O governador falou sobre as ações que serão tomadas no seu segundo mandato. “Vamos continuar a fazer do Paraná uma referência para o Brasil. Vamos preparar o Estado para o futuro. Agora temos que pensar no Paraná nos próximos quatro anos, dez anos, vinte anos. Estamos planejando o avanço na área social. Um avanço para acompanhar a consolidação de um Estado moderno, inovador, que é aquilo que começamos a quatro anos atrás”.

Infraestrutura

Ratinho Júnior destacou as ações de infraestrutura que serão tomadas neste segundo mandato. “Queremos um Estado de primeiro mundo, moderno, que possa entregar para a indústria, para o agronegócio, rodovias seguras, com qualidade e que acompanhe o crescimento econômico. A infraestrutura é a chave para o crescimento de qualquer nação. Então vamos continuar fazendo esses investimentos como já vínhamos fazendo antes, como duplicações de rodovias em várias regiões. Temos que fazer com que as próximas concessões dos pedágios sejam justas e com obras”, disse ele.

O governador afirmou que o governo estadual tem a meta de construir 40 mil casas nos próximos quatro anos e de realizar o maior programa de pavimentação urbana da história do Paraná, começando com municípios de até cinco mil habitantes. O objetivo é levar asfalto para 100% desses municípios.

Ele disse também que outra meta é dar mais agilidade ao Porto de Paranaguá. “São 600 milhões de reais em investimento que vai resolver um problema urbano de Paranaguá. A parte urbana vai melhorar e dar agilidade na chegada do trem, para descarregar a sua carga. Vão descarregar 180 vagões de uma só vez. Hoje o trem precisa ser desmembrado em duas ou três partes para conseguir descarregar. Vai dar ainda mais velocidade ao porto, que já tem batido seus recordes”.

Relação com o Governo Federal

A relação com o Governo Federal também foi um dos assuntos abordados por Ratinho Júnior. “Acredito que a relação será boa. Nós cuidamos da nossa responsabilidade aqui e o presidente, de uma forma democrática, tem que atender aos governadores. Temos a maior participação da história do Paraná no PIB brasileiro. Temos que olhar pra frente e pensar naquilo que é bom pra população”, declarou.

Com informações de Elisa Rossato/Rede Massa

Entre no grupo do Massa News
e receba as principais noticias
direto no seu WhatsApp!

Compartilhe essa matéria nas redes sociais

Ative as notificações e fique por dentro das notícias

Dá o play Assista aos principais vídeos de hoje
Colunistas A opinião em forma de notícia