Médica ajuda marido a se passar por médico em pronto-socorro do Paraná

A Polícia Civil prendeu em flagrante um casal, sendo um homem de 29 anos e uma mulher de 30, por exercício ilegal da medicina e falsidade ideológica, no sábado (14), em um pronto-socorro em Santo Antônio da Platina, região Norte do Estado.

De acordo com a investigação, a mulher, que possui registro no Conselho Regional de Medicina (CRM) permitia que o marido, que não possui CRM, atendesse pacientes durante o plantão médico dela. O falso médico ainda preenchia prontuários e receitas médicas e, depois, a esposa assinava.

No pronto-socorro, foram apreendidos prontuários médicos e os celulares dos suspeitos.

Até a publicação desta matéria, os nomes dos presos não tinham sido divulgados oficialmente pela polícia. Os dois foram levados até a delegacia e foram liberados depois de prestar depoimento.