Casal faz parto de bebê em casa horas após gestante ser liberada pelo hospital na RMC

O casal Juliano e Catherine Silva, moradores de São José dos Pinhais, viveram uma situação inusitada e emocionante na última sexta-feira (10). Eles fizeram o parto da própria filha, a pequena Ohana, poucas horas após serem liberados pelo hospital.

Juliano e Catherine têm outros quatro filhos, dois meninos e duas meninas. Eles contam que, cerca de três dias antes do nascimento, a gestante já estava sentindo dores e percebendo sinais de trabalho de parto. Na madrugada de sexta-feira, começaram as contrações mais fortes.

Catherine avisou o marido que estava trabalhando, e eles foram ao hospital municipal pouco antes das 3h da manhã. Chegando lá, a médica que a atendeu disse que ela estava com três centímetros de dilatação e poderia ir para casa, retornando quando as contrações aumentassem.

“A médica me mandou para casa, falando que no hospital eles não internavam [com essa condição]”, diz Catherine. Ela ainda conta que estranhou porque já estava com contrações frequentes e por imaginar que o parto seria mais rápido, devido às gestações anteriores. 

O parto

A família chegou em casa por volta de 5h. Uma hora depois, o tempo entre uma contração e outra diminuiu, e Catherine percebeu que era a hora.

“”Ela falou que não ia dar tempo, foi deitando na cama e pediu ajuda”, relembra Juliano. Quando ele foi até ela, viu que a cabeça do bebê já estava ali. “Eu estava com medo de machucar a neném, então segurei com bastante delicadeza. Veio mais uma contração, e ela nasceu”. 

Após o nascimento, Juliano ligou para o Samu e chamou  amigos para cuidar dos outros filhos. Na maternidade, Ohana fez os exames que precisava. Ela já está em casa com os pais e os irmãos.

O casal fala da emoção de ter feito o parto da própria filha: “Foi uma emoção muito grande, bem forte. Nunca imaginei isso”, diz Juliano. 

Foto: Arquivo pessoal

“Ficamos muito assustados, mas felizes que ocorreu tudo bem”, afirma Catherine, que celebra a chegada da Ohana, que tem um nome com o significado de ‘família’. “A chegada dela só nos mostrou que nossa família fica mais forte. Faltava ela para completar. Minha casa fica mais cheia de sorriso e alegria”.

Nota do hospital

Procurado pelo Massa News, o Hospital e Maternidade São José dos Pinhais afirmou em nota que “a paciente foi liberada e recebeu a orientação para retornar imediatamente ao serviço caso apresentasse sinais de alerta. […] Ainda foi orientada que por apresentar partos anteriores, seu trabalho de perto poderia evoluir de forma rápida, devendo retornar ao HMSJP ao menor sinal de trabalho de parto ativo”.

O Hospital disse ainda que pediu explicações para a equipe que estava de plantão no momento que Catherine foi atendida e fará uma auditoria no prontuário. Caso necessário, a direção afirma que tomará medidas administrativas.