Jovem preso injustamente por tentativa de homicídio na RMC é absolvido um ano após o crime

Um jovem de 21 anos foi absolvido após provar que não estava envolvido em um crime que aconteceu no dia 26 de agosto do ano passado no bairro Ipê, em São José dos Pinhais. Alfredo Pio de Souza chegou a ficar 17 dias preso, e agora busca indenização.

O crime foi uma tentativa de homicídio contra um jovem que teria tentado furtar uma camiseta de uma loja. O dono do estabelecimento alcançou o rapaz e o agrediu. Na sequência, dois suspeitos se aproximaram, participaram das agressões e ainda atearam fogo no jovem, identificado como Jhon David Antunes Cardoso, na época com 23 anos. A vítima teve 30% do corpo queimado.

Três suspeitos foram identificados. Alfredo Pio de Souza foi um deles e foi preso em uma operação da Polícia Civil.

A família de Alfredo logo provou que, no momento que tudo aconteceu, o jovem estava em um restaurante com a esposa e os filhos, como mostram câmeras de segurança. Porém, ele ficou preso por 17 dias, só sendo solto por habeas corpus.

A absolvição de Alfredo veio apenas mais de um ano após o crime. Hoje, ele mora em Minas Gerais, trabalhando em uma lavoura com a família.

Por tudo o que aconteceu, o jovem pede indenização, acusando a polícia inclusive de racismo no andamento de processo.