Mulher acusada de planejar morte do ex-namorado é presa; homem foi baleado ao sair da casa da sogra

Na sexta-feira (23), foram presas três pessoas suspeitas de participarem da morte de Jackson Munhoz Padilha, 28 anos, baleado quando estava saindo da casa da sogra, no bairro Jardim Ipê, em São José dos Pinhais, no dia 24 de julho.

O homem estava no local visitando o filho, 7 anos. Após deixar a casa, Jackson foi surpreendido pelo atirador. Ele foi atingido por um tiro na cabeça e outro no peito.

Conforme apuração da Delegacia de São José dos Pinhais, o crime foi planejado pela ex-namorada de Jackson e o atual namorado da mulher. O atual sogro da mulher também estaria envolvido.

Os três estavam com mandado de prisão em aberto e foram presos em Londrina na sexta-feira.

Com eles haviam dois revólveres. Os detidos confirmam que uma das armas foi usada no crime. Segundo eles, a outra arma seria de Jackson. Eles também alegam que eram ameaçados e que atiraram em legítima defesa.