Policial furta edredom de motel e ameaça funcionária com arma

Um policial civil foi flagrado furtando edredom e toalhas de um motel em São José dos Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba, na última semana. Ele teria ainda ameaçado uma funcionária do estabelecimento.

Segundo a gerente do motel, o policial chegou com duas mulheres pela manhã. No início da tarde, elas foram embora e ele ficou para pagar a conta.

Após ele sair do quarto, a camareira do estabelecimento deu falta de um edredom e duas toalhas. Ela comunicou a gerente, que foi questionar o policial.

O homem negou o furto. As funcionárias, porém, viram nas câmeras de segurança o momento em que ele pega os objetos escondidos atrás de uma árvore e coloca no porta-malas. Assista:

O policial foi confrontado novamente, e a gerente disse que ia chamar a polícia. Foi aí que o agente, segundo a mulher, a ameaçou com uma arma, falando para ela abrir o portão. Na sequência, ele foi embora.

A gerente ainda conta que, no dia seguinte ao furto, ele devolveu o edredom e as toalhas, com um bilhete escrito que os objetos estavam limpos.

A administração do motel fez um boletim de ocorrência para registrar o caso. O policial tem outros boletins contra ele, que vão desde lesão corporal, ameaça e perturbação do sossego à ferimento provocado por arma de fogo. Nesta última situação, ele teria atirado no pescoço de um policial militar.

A corporação investiga o caso.