Massa News, notícias do Paraná e do Brasil

Curitiba, PR
Clima
19ºC
Massa News, notícias do Paraná e do Brasil

Cerca de 31 mil pessoas visitaram os parques estaduais do Paraná no fim do ano

Redação

Redação

Quase 31 mil pessoas visitaram os parques estaduais do Paraná entre os feriados de Natal e Ano-Novo, segundo levantamento da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Sustentável.

Foto: José Fernando Ogura/Arquivo AEN

Das 71 unidades de conservação do Estado, 29 são abertas para o público, de forma controlada. Entre estas, 19 foram autorizadas pelo Instituto Água e Terra (IAT), que faz a gestão da maioria dos parques, a receber visitantes no final do ano.

O turismo doméstico dominou as visitas, com turistas vindos de diversos locais do Paraná para ir aos parques próximos de suas cidades. Mas moradores de outros estados também aproveitaram o feriado estendido para conhecer os atrativos paranaenses, com visitantes vindos de Santa Catarina, São Paulo, Rio Grande do Sul, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Bahia, Distrito Federal e Sergipe.

Entre os paranaenses, os turistas se deslocaram da Capital e da Região Metropolitana e de cidades como Prudentópolis, Paranaguá, Contenda, Rio Negro, Castro, Irati, Palmeira, Guarapuava, Cascavel, Maringá, Antonio Olinto, União da Vitória, Paranaguá, Pato Branco, Campo do Tenente, Telemaco Borba, Londrina, São Mateus do Sul, Piên, Ponta Grossa e Toledo.

Veja também:

A Ilha do Mel, um dos principais destinos turísticos do Paraná, foi campeã de visitações entre as unidades de conservação paranaenses nas festas de fim de ano. Cerca de 13 mil pessoas fizeram a travessia para a ilha, localizada no município de Paranaguá, no Litoral, para curtir as belas praias, trilhas e visitar locais como o Farol das Conchas, a Gruta de Encantadas e a Fortaleza Nossa Senhora dos Prazeres.

Concedido à iniciativa privada e administrado pela empresa Soul Parques, o Parque Estadual de Vila Velha, em Ponta Grossa (Campos Gerais), também teve uma boa movimentação durante o feriado, com 4,1 mil pessoas indo ao local entre os dias 24 de dezembro e 2 de janeiro. Além das famosas formações de arenito, o parque ganhou novas atrações, como arvorismo, balão estacionário, tirolesa, trilhas e cicloturismo. Ao longo de 2022, 71 mil pessoas passaram por Vila Velha. Localizado a uma hora de Curitiba, foi o primeiro parque estadual criado no Paraná, em 1953.

O Parque Estadual do Monge, na Lapa (Região Metropolitana de Curitiba), também teve uma boa movimentação no período, 3,6 mil pessoas visitando a gruta onde viveu o monge João Maria, figura importante no imaginário religioso paranaense, além de atrações como o mirante e a trilha da Pedra Partida.

O Parque Estadual da Baitaca, entre Quatro Barras e Piraquara, na Região Metropolitana de Curitiba, atraiu 2,2 mil aventureiros. Isso porque a unidade de conservação é muito procurada por montanhistas que escalam os morros do Anhangava e Pão de Loth.

No Interior, depois de Vila Velha, o lugar mais visitado foi o Parque Estadual do Vale do Codó, recebendo 2 mil visitas entre o Natal e o Ano-Novo. Localizado em Jaguariaíva, também nos Campos Gerais, o local conta com cachoeiras e cânions, sendo o principal deles o cânion do Rio Lajeado Grande, que possui cerca de 450 metros de extensão e desnível de aproximadamente 50 metros.

Outro lugar conhecido pelos cânions e corredeiras, o Parque Estadual Guartelá, em Tibagi (Campos Gerais), recebeu 1,5 mil visitantes. Não muito longe dali, em Prudentópolis (Centro-Sul), a Terra das Cachoeiras Gigantes, o Monumento Natural Salto de São João foi visitado por 1,4 mil pessoas.

As outras unidades abertas para visitação no período foram os parques estaduais São Camilo, em Palotina, que recebeu 717 pessoas; São Francisco da Esperança, em Prudentópolis, teve 384 visitantes; Campinhos, em Tunas do Paraná (351); Vitório Piassa, em Pato Branco (349); Pico Marumbi, em Morretes (302); Pico Paraná, entre Campina Grande do Sul e Antonina (166); Rio da Onça, em Matinhos (150); Vila Rica do Espírito Santo, em Fênix (147); Rio Guarani, em Três Barras do Paraná (112); Mata São Francisco (107); Cabeça do Cachorro, em São Pedro do Iguaçu (100); Cerrado, em Jaguariaíva (18); e Parque Estadual do Palmito, em Paranaguá (9).

O Parque Nacional do Iguaçu, em Foz do Iguaçu, no Oeste do Estado, recebeu 1.434.308 visitantes em 2022. A visitação foi 118% maior que a registrada no ano passado, quando 655.335 pessoas estiveram na unidade de conservação. Em comparação com 2019, período anterior à pandemia e melhor ano de visitação da história, o parque recuperou 71% do total de 2.020.358 ingressos daquele período. Os números dos últimos três anos foram impactados pelo ciclo de restrições da pandemia de Covid-19 e retomada após a vacinação.

Informações da AEN

Entre no grupo do Massa News
e receba as principais noticias
direto no seu WhatsApp!

Compartilhe essa matéria nas redes sociais

Ative as notificações e fique por dentro das notícias

Dá o play Assista aos principais vídeos de hoje
Colunistas A opinião em forma de notícia