Pastor é preso por suspeita de assediar adolescente

Um pastor foi preso suspeito de molestar uma adolescente de 15 anos. O fato ocorreu na noite desta quinta-feira (18), em Paiçandu, região metropolitana de Maringá.

De acordo com informações de familiares, o pai da vítima chegou a hackear o telefone da filha, já que o suposto pedófilo estaria mandando mensagem em seu dispositivo. Ele registrou um boletim de ocorrência.

Segundo o que foi apurado, a situação já estava ocorrendo a cerca de um ano, e vinha se repetindo constantemente, mesmo a família da vítima indo até o suspeito para tirar satisfações. Em um momento de revolta, familiares, além de várias pessoas, foram até a residência do suspeito onde começou uma intensa movimentação que necessitou a presença da Polícia Militar. Devido à situação, o pastor foi encaminhado à Delegacia de Polícia Civil para os devidos esclarecimentos.

De acordo com o pai da garota, ela teria distúrbios mentais e o suspeito teria pedido para que a menina parasse de tomar os medicamentos para a doença. O suspeito chegou a convidar a garota para ir em um cômodo de um imóvel, onde são realizados os encontros religiosos para possíveis atos de pedofilia, ainda segundo pai.

O pastor foi ouvido no pelotão da Polícia Militar e liberado na sequencia. Segundo o que foi apurado, a garota negou que seria vítima de assédio. O caso está sendo investigado pela Polícia Civil.

Veja mais detalhes sobre esta matéria no Maringá Urgente desta sexta-feira (19):