Polícia Civil prende dois suspeitos por morte de homem em cemitério

Dois suspeitos de matar Júlio César de Jesus, de 35 anos, no Cemitério Municipal de Imbituva, na região central do Paraná, foram presos nesta quarta-feira (13). De acordo com a Polícia Civil, a vítima foi morta a facadas durante a madrugada.

A vítima era um morador de rua que durante as noites se abrigava dentro do cemitério. Enquanto ele dormia, dois homens o surpreenderam e efetuaram várias facadas contra o rapaz, que morreu na hora.

Os policiais chegaram logo pela manhã após o crime e iniciaram a investigação. Uma testemunha disse aos policiais que tinha visto duas pessoas entrarem no cemitério com facas. Segundo a polícia, os suspeitos foram encontrados no porão da casa em que mora a mãe de um deles.
Para os policiais, os suspeitos confessaram ter matado o homem por conta de uma agressão, com um pedaço de madeira, que a vítima teria cometido contra eles.

Conforme a investigação da Polícia Civil, uma testemunha disse que o motivo do crime foi ciúmes, já que a vítima era ex da atual companheira de um deles.

Os suspeitos foram levados até a Delegacia da Polícia Civil de Imbituva, onde foram autuados em flagrante por homicídio qualificado com pena que pode chegar a 30 anos de prisão.

Veja mais informações sobre este e outros casos no Tribuna da Massa de Ponta Grossa desta quinta-feira (14):