Polícia Civil prende principal suspeito de matar jovem funileiro

Hoje pela manhã a Polícia Civil, seguindo pistas e uma denuncia anônima, chegou até o principal suspeito de um assassinato: uma execução em plena luz do dia, que aconteceu em uma  funilaria, localizada na avenida Carlos Borges em Maringá, em setembro de 2020.

A vítima Lucas Alves Batista, de 22 anos, estava de costas quando foi surpreendido pelo assassino. Ele foi morto com pelo menos 10 tiros. O jovem era de Nova londrina e estava no segundo dia de trabalho. 

Após cinco meses, o principal suspeito foi preso. O rapaz, que já consta com passagens pela polícia, agora irá responder por mais um homicídio

A família da vítima, em entrevista, contou sobre o alívio em saber que o suspeito de assassinar Lucas foi preso. 

Veja mais detalhes sobre este caso na reportagem do Maringá Urgente desta quinta-feira (18):