Polícia Federal fecha empresas de segurança clandestinas

As empresas que funcionavam de forma irregular irão responder a processo administrativo, podendo ser condenadas ao pagamento de multa

Duas empresas de segurança privada que funcionavam de forma irregular foram fechadas pela Polícia Federal de Guaíra, na última terça-feira (13), em Marechal Cândido Rondon e em Terra Roxa. De acordo com a polícia federal, as empresas ofereciam serviços de segurança privada em eventos, serviços de escolta armada e também participavam de licitações em órgãos públicos.

Durante a ação policial, foram apreendidos documentos, coletes balísticos, tonfas, giroflex, armas de airsoft, adesivos e uniformes utilizados nas atividades irregulares de segurança privada. A polícia federal ressaltou que, após o encerramento das atividades, as empresas irão responder a processo administrativo, podendo ser condenadas a pagamento de multa.

Veja mais detalhes sobre este caso na reportagem completa do Tribuna da Massa Foz do Iguaçu desta quarta-feira (14):