Caso Henry: Em nova versão, babá confirma que sabia de três agressões

Thayná Ferreira disse que a avó, a tia e a empregada também sabiam que Dr. Jairinho era violento

No novo depoimento prestado ao delegado Henrique Damasceno na delegacia da Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro, a babá do menino Thayná Ferreira, admitiu que mentiu na primeira versão e confirmou que sabia de 3 agressões contra o menino.

Ela disse que não contou no primeiro depoimento sobre a violência a pedido da mãe, Monique Medeiros, que pediu também que ela apagasse as mensagens onde conta sobre agressão a Henry. 

A babá contou também que presencious as agressões em dois outros momentos e que a irmã de Jairinho, Thalita Souza; a avó Rosângela Medeiros e a empregada da família Leila Mattos tinham conhecimento da violência. 

Leia a matéria completa do SBT News e veja a troca de mensagens