Pedreiro acusa genro de ‘dar em cima’ da amiga e acaba esfaqueado durante festa

Após cometer a tentativa de homicídio, o suspeito foi até a casa da sobrinha de Carlos Eduardo e confessou o crime

Uma pancadaria em uma festa de confraternização terminou com um homem, de 64 anos, atingido por golpes de faca, na noite deste domingo (2), no bairro Novo Mundo, em Curitiba. O autor, segundo a polícia, seria o próprio genro da vítima.

O crime aconteceu na Rua Sérgio Harris Queirolo. Durante a festa, o pedreiro Carlos Eduardo teria cismado que o genro estava paquerando a amiga dele e, em posse de uma faca, foi pra cima tirar satisfações. Depois de entrar em luta corporal com o namorado da filha, o homem acabou desarmado e atingido por sete facadas na região do peito.

Socorristas do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) prestaram atendimento à vítima, que precisou ser entubada dentro da ambulância antes de ser transferida para o Hospital do Trabalhador. Apesar da gravidade, ela não corre risco de morte.

Após cometer a tentativa de homicídio, o suspeito identificado como Eduardo Krause foi até a casa da sobrinha de Carlos Eduardo e confessou o crime. Além disso, ele chegou a pedir dinheiro para pagar por um carro de aplicativo, mas acabou fugindo a pé antes da chegada da PM. A suspeita é de que ele esteja na casa de parentes, no bairro Sítio Cercado, em Curitiba.

A Polícia Civil está investigando o caso. Até o fechamento desta reportagem, o suspeito não havia sido localizado.

Eduardo está sendo procurado pela polícia. (Foto: Reprodução/Facebook)