Prefeitura de Curitiba abre 700 vagas para castração de pets em agosto

A Rede de Proteção Animal da Prefeitura de Curitiba abre, nesta sexta-feira (15), a partir das 12h, os agendamentos para o mês de agosto do Programa Municipal de Castração Gratuita. ONGs, protetores independentes e tutores elegíveis devem fazer a escolha dos dias e horários no site da Rede, na área de eventos

Serão disponibilizadas 700 vagas para a castração de cães e gatos. Podem ser atendidos animais entre cinco meses e oito anos. Os interessados devem estar com os cadastros em dia junto à Rede e atender aos requisitos de participação.

Os procedimentos acontecem nas clínicas contratadas pelo município. E os acompanhantes devem manter os cuidados em relação à pandemia da covid-19. 

Procuração eletrônica

Para atender à Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD) e resoluções do Conselho Federal de Medicina Veterinária (CFMV), o site da Rede de Proteção Animal agora permite indicar quem será o acompanhante do animal no dia da cirurgia, se o responsável não puder comparecer. 

“É uma espécie de “procuração eletrônica” direto pela tela de agendamento”, explica o diretor de Pesquisa e Conservação da Fauna, Edson Evaristo. 

Além da legislação, lembra o diretor, todos os animais atendidos pelo programa recebem microchip eletrônico de identificação, com código exclusivo vinculado aos dados do cidadão responsável pelo animal. 

Animais sob os cuidados de protetores ficam com seus dados vinculados ao animal que levam para castração até que sejam devidamente transferidos ao novo responsável quando adotados. “Se for constatado uso indevido, por exemplo para reserva e cessão de vagas, poderá haver a suspensão do acesso ao benefício”, alerta Evaristo.

Saúde em dia

A Rede promove também, até o final do mês, ação clínica gratuita para cães, em parceria com o Centro de Medicina Veterinária do Coletivo, da Universidade Federal do Paraná (UFPR). O programa, que acontece desde 2018 e já atendeu mais de 15 mil animais, é considerado uma boa oportunidade para muitos tutores da cidade. 

Os horários disponíveis para os atendimentos lotaram, mas a agenda é dinâmica. Como pode haver desistências, é bom que o munícipe acompanhe o Guia Curitiba.

A  ação clínica continua até 29 de julho, de segunda a sexta-feira, em dois horários pela manhã (8h30 às 10h) e à tarde (13h30 e 15h), no Centro de Medicina Veterinária do Coletivo, no setor de Ciências Agrárias da universidade. 

O novo calendário das ações, com previsão de atendimentos também para gatos, deve ser divulgado em breve.

Informações da Prefeitura de Curitiba