Reparações na ponte da Crimeia devem durar até julho de 2023, diz Rússia

O governo da Rússia informou, nesta sexta-feira (14), que as reparações na ponte que liga o país à Crimeia devem durar até julho de 2023. O único trajeto de conexão entre os territórios foi atingido por uma explosão no último fim de semana, prejudicando o abastecimento das tropas em meio à guerra na Ucrânia.

A ordem foi assinada pelo primeiro-ministro russo, Mikhail Mishustin, que estipulou o conserto da ponte até 1º de julho. A estrutura havia sido inaugurada pelo próprio presidente russo, Vladimir Putin, em 2018, quatro anos após Moscou anexar a Crimeia ao país.

O bombardeio foi considerado como “ataque terrorista” pelo serviço de segurança da Rússia. Nesta semana, Moscou prendeu oito pessoas por suposta participação no ataque, sendo cinco russos e três ucranianos e armênios. Apesar das acusações, a Ucrânia não assume responsabilidade pela explosão.

Informações SBT News