Rússia diz que entrada da Ucrânia na Otan pode levar à 3ª guerra mundial

O vice-secretário do Conselho de Segurança da Rússia, Alexander Venediktov, afirmou, nesta quinta-feira (13), que a entrada da Ucrânia na Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) pode desencadear uma terceira guerra mundial. O político reiterou ainda que o Ocidente está se tornando uma parte direta do conflito.

“Kiev está bem ciente de que tal passo significaria uma escalada garantida para uma terceira guerra mundial. Aparentemente, é com isso que eles estão contando – para criar ruído informativo e chamar a atenção para si mesmos mais uma vez”, disse Venediktov à agência estatal russa Tass.

A declaração acontece duas semanas após o presidente ucraniano, Volodymyr Zelensky, apresentar um pedido de adesão rápida à Otan. A ação foi feita em resposta à declaração do líder russo, Vladimir Putin, que anunciou a anexação de quatro territórios da Ucrânia ao país, sendo Donetsk, Lugansk, Kherson e Zaporizhzhia.

Na data, Zelensky reforçou que o país já comprovou a compatibilidade com os padrões da aliança e que o processo de adesão deve ser feito de forma acelerada, uma vez que a Ucrânia está sob ataque. Em pronunciamento, o secretário-geral da Otan, Jens Stoltenberg, responsabilizou Putin pela escalada do conflito militar.

“Putin tem total responsabilidade por esta guerra. E é responsabilidade dele acabar com isso. Para acabar com o imenso sofrimento do povo ucraniano e com a crise energética e alimentar que está afetando tantos ao redor do mundo. Se a Rússia parar de lutar, haverá paz. Se a Ucrânia parar de lutar, deixará de existir como uma nação soberana independente na Europa”, disse.

Informações SBT News