Senado aprova MP que prorroga contratos temporários do IBGE

O Senado Federal aprovou a Medida Provisória (MP) que prorroga os contratos temporários de analistas do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Segundo a Casa, a iniciativa busca atender a demanda de técnicos para realizar o Censo Demográfico de 2022, que está em curso desde agosto. A matéria segue agora para promulgação.

O relatório do senador Mecias de Jesus (Republicanos-RR) confirmou o texto que já tinha sido aprovado pelos deputados no dia 11 de outubro. O parecer autoriza o IBGE a prorrogar, por até dois anos, 393 contratos de analista censitário para atender a “necessidade temporária de excepcional interesse público”. 

“O Censo Demográfico qualifica a gestão pública do país, sendo instrumento de extrema relevância para implementação de políticas públicas e compreensão do Brasil pelos seus líderes e população em geral”, disse Mecias, ressaltando que um eventual encerramento dos contratos temporários “tornaria inviável a realização do recenseamento”.

A nova edição do censo, que ocorre de dez em dez anos, foi adiada duas vezes: primeiro por conta da pandemia de covid-19 e depois por dificuldades orçamentárias. Neste ano, as visitas domiciliares irão abordar, além de questões envolvendo renda, saúde, educação e emprego, o retrato das 5.972 comunidades quilombolas que vivem no país.

Informações SBT News