STF prorroga por mais 90 dias inquéritos das fake news e dos atos antidemocráticos

BRASÍLIA (Reuters) – O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), decidiu prorrogar por mais 90 dias o andamento dos inquéritos das fake news e dos atos antidemocráticos, informou nesta sexta-feira o órgão.

Essas duas investigações, abertas no Supremo ainda na época da gestão de Dias Toffoli como presidente da corte, já envolveram diretamente aliados do presidente Jair Bolsonaro.

O inquérito das fake news foi aberto por ordem de Toffoli ainda em 2019 para apurar ofensas a ministros do STF e a familiares dos magistrados.

No ano passado, a pedido do procurador-geral da República, Augusto Aras, foi iniciada a investigação dos atos antidemocráticos, com o objetivo de apurar ações de pessoas que defendem o fechamento do Supremo e do Congresso Nacional, medidas essas que contrariam a Constituição.

(Reportagem de Ricardo Brito)

tagreuters.com2021binary_LYNXMPEH381H7-VIEWIMAGE