STF reitera que seus ministros tomam decisões conforme Constituição, após ataque de Bolsonaro a Barroso

BRASÍLIA (Reuters) – O Supremo Tribunal Federal (STF) reiterou nesta sexta-feira que as decisões de seus ministros são tomadas de acordo com a Constituição, poucas horas depois de o presidente Jair Bolsonaro atacar o ministro Luís Roberto Barroso, que na véspera determinou a abertura de uma CPI no Senado para investigar a gestão da pandemia de Covid-19 no Brasil.

“Questionamentos a elas (decisões) devem ser feitos nas vias recursais próprias, contribuindo para que o espírito republicano prevaleça em nosso país”, disse o STF em nota.

Mais cedo, Bolsonaro disse que falta “coragem moral” a Barroso e que ele fez “politicalha” ao determinar a abertura da Comissão Parlamentar de Inquérito no Senado.

(Reportagem de Maria Carolina Marcello)

tagreuters.com2021binary_LYNXMPEH38145-VIEWIMAGE