Universidades estaduais do Paraná têm 13 cursos com 5 estrelas no Guia Estadão

As universidades estaduais de Londrina (UEL), Maringá (UEM), Ponta Grossa (UEPG) e do Oeste do Paraná (Unioeste) somam 13 cursos classificados com cinco estrelas ou considerados excelentes no Guia da Faculdade 2022. 

A publicação é elaborada todos os anos pelo jornal O Estado de S. Paulo – Estadão. Outros 209 cursos de graduação das estaduais, incluindo as universidades do Centro-Oeste (Unicentro) e do Paraná (Unespar), conquistaram quatro estrelas (muito bom) e 54 receberam três estrelas (bom).

Na liderança, a UEM conquistou cinco estrelas nos cursos de Farmácia, Geografia, Matemática, Química e Zootecnia. A UEL vem na sequência, com as graduações em Agronomia, Ciências Biológicas, Filosofia e Medicina Veterinária. Entre os cursos da Unioeste estão Engenharia Agrícola, Pedagogia e Secretariado Executivo Trilíngue. A UEPG finaliza a lista de graduações de excelência das estaduais com o curso de Letras.

A pesquisa avaliou mais de 17 mil graduações de todo o Brasil, entre cursos de bacharelados, licenciaturas e tecnológicos, nas modalidades presenciais e de ensino a distância (EaD), de instituições de ensino superior públicas e privadas, cadastradas no Ministério da Educação (MEC).

Os critérios de avaliação abrangem três aspectos qualitativos: projeto pedagógico, que analisa as características das propostas de ensino dos cursos; corpo docente, que considera o perfil de professores; e infraestrutura, que avalia as condições de materiais e equipamentos utilizados.

O reitor da UEM, professor Leandro Vanalli, ressalta a importância da ciência e a atuação das universidades para o desenvolvimento sustentável. “Essa classificação evidencia a excelência dos nossos no viés do desenvolvimento sustentável, que tem sido foco de muitos projetos das universidades do sistema estadual de ensino superior do Paraná”, afirma.

“É oportuno destacar a atuação de professores e alunos, que se preparam para um mercado cada vez mais dinâmico. Esperamos que essas classificações sejam cada vez mais positivas como fruto do trabalho das universidades estaduais”, completa.

PUBLICAÇÃO – O Guia da Faculdade é resultado de uma parceria firmada em 2018 entre o Estadão e a Quero Educação, uma das principais startups brasileiras na área educacional. A empresa é responsável pelo processo de avaliação de cursos, incluindo a metodologia aplicada, coleta de informações das instituições de ensino, definição de avaliadores e tabulação de dados. Os resultados são divulgados exclusivamente nas plataformas do jornal O Estado de S. Paulo.

Informações Agência Estadual de Notícias