VCG afirma não ter condições de pagar salários para motoristas e cobradores

Segundo a concessionária, a situação é crítica e os pagamentos só serão possíveis se houver subsídios por parte da prefeitura

A Viação Campos Gerais, responsável pelo transporte coletivo de Ponta Grossa, confirmou nesta quarta-feira (24) que não tem condições de pagar a segunda parcela dos salários dos motoristas e cobradores amanhã (25), data em que vence o prazo para o depósito. Segundo a concessionária, a situação é crítica e os pagamentos só serão possíveis se houver subsídios por parte da prefeitura.

A reportagem do Tribuna da Massa procurou a prefeitura de Ponta Grossa nesta manhã, mas ainda não havia retorno.

Já o Sindicato dos Motoristas e Trocadores informou que começará uma greve a partir de segunda-feira (29), se não receberem as remunerações. Como o Sindicato já tem indicativo de greve aprovado, não é preciso nova assembleia para deliberar sobre o assunto.

Veja mais detalhes na reportagem do Tribuna da Massa Ponta Grossa desta quarta-feira (24):