Wall St encerra em baixa sob pressão de Apple e Tesla

Por Noel Randewich

(Reuters) – Wall Street encerrou em baixa nesta terça-feira, sob pressão das ações de Apple e Tesla, enquanto o setor de materiais básicos subiu com o mercado à espera da aprovação pelo Congresso de outro pacote de estímulo relacionado à Covid-19.

Após fortes ganhos na sessão anterior, as ações tecnológicas recuaram nesta terça, com a volta de um movimento de rotação de ações –investidores deixando papéis que brilharam na pandemia em direção a ações de empresas vistas como candidatas a um desempenho melhor à medida que a economia se recupera.

Os índices S&P para materiais básicos e bens de consumo básicos tiveram alta.

Os yields dos Treasuries dez anos caíam nesta sessão, depois de atingirem máximas em um ano na semana passada.

As ações da Apple caíram cerca de 2%, e as da Tesla recuaram mais de 4%. Ambas exerceram as maiores pressões negativas sobre o S&P 500 nesta sessão.

O índice Dow Jones caiu 0,46%, a 31.392 pontos, enquanto o S&P 500 perdeu 0,808084%, a 3.870 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq recuou 1,69%, a 13.359 pontos.

((Tradução Redação Brasília, 55 61 33296012))

REUTERS GP JCG

tagreuters.com2021binary_LYNXNPEH211HP-VIEWIMAGE