Brasil registra primeiro caso de varíola dos macacos em animal

O Ministério da Saúde informou, na quarta-feira (24), que foi notificado do primeiro caso confirmado de varíola dos macacos em um animal doméstico. O caso aconteceu em Juiz de Fora, em Minas Gerais, e a confirmação foi feita pela Fundação Ezequiel Dias (Funed), que notificou o Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde do Estado.

Segundo a pasta, trata-se de um filhote de cachorro de cinco meses que conviveu no mesmo ambiente e teve contato com um humano infectado pela doença. O animal teve início dos sintomas no dia 13 de agosto, com prurido (coceira) e, posteriormente, lesões e crostas localizadas em dorso e pescoço.

Autoridades sanitárias de Minas orientaram a Secretaria de Saúde Municipal de Juiz de Fora o isolamento do animal e a desinfecção do local com água sanitária. Também foi orientado que, sempre que o proprietário precisasse entrar em contato com o animal (para alimentação, por exemplo), que utilizasse luvas, máscara, blusa de manga comprida e calça.

O primeiro caso de transmissão da varíola dos macacos de humano para animais foi notificado na França, no início do mês, também em um cão doméstico. Em pronunciamento, a líder técnica da Organização Mundial da Saúde (OMS), Rosamund Lewis, disse que o caso já era esperado, mas que especialistas estão estudando o tipo de contaminação.

Informações de SBT News