Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Bolivianos são presos em SP com malas de roupa engomada com cocaína

Duas mulheres e um homem de nacionalidade boliviana foram presos transportando malas de roupa engomada com cocaína, nesta quinta-feira, 23, em Presidente Venceslau, cidade do extremo oeste do Estado de São Paulo. Os suspeitos viajavam com a droga num ônibus que fazia a linha entre Campo Grande (MS) e a capital paulista. A abordagem aconteceu num posto da Polícia Militar Rodoviária, no km 616 da Rodovia Raposo Tavares.

Os policiais suspeitaram do conteúdo de duas malas contendo roupas excessivamente engomadas e, após o uso de um reagente, acabaram constatando que a "goma" era cocaína - essa forma de tráfico é muito vista em filmes. As roupas pesaram 21 quilos. As malas, localizadas no bagageiro externo do ônibus, tinham a identificação dos passageiros nas etiquetas. O homem de 53 anos e as duas mulheres, de 31 e 26 anos, foram levados para a delegacia da Polícia Federal em Presidente Prudente.

Aos agentes, as mulheres revelaram que tinham sido contratadas pelo boliviano em Santa Cruz de la Sierra, na Bolívia. Elas receberiam US$ 700 para fazer o transporte das malas até São Paulo - as bagagens estavam em nome delas. Com os três suspeitos, a polícia apreendeu US$ 1,9 mil e uma quantidade equivalente a US$ 800 em cédulas falsas.

Os bolivianos devem passar por audiência de custódia, na Justiça Federal, nesta sexta-feira (24). Eles vão responder pelos crimes de tráfico internacional de entorpecentes e importação de moeda falsa estrangeira. Até a manhã desta sexta, segundo a PF, os suspeitos não tinham constituído advogado. Caso isso não seja feito até a audiência de custódia, que ainda não tinha horário definido, será nomeado um defensor público.

Grupo do Massa News no WhatsApp

Receba as principais notícias do dia direto no seu celular.

  Entrar no grupo