Carreta Furacão não poderá mais usar o personagem ‘Fonfon’; entenda

O grupo Carreta Furacão está proibido de utilizar o personagem Fonfon. A decisão foi dos desembargadores da 2ª Câmara de Direito Privado do Tribunal de Juistiça de São Paulo, por entender que ele seria uma cópia do “Fofão” — criado pelo ator Orival Pessini, que morreu em 2016.

A decisão foi publicada no Diário de Justiça do estado na última 5ª feira (10.nov). E atendeu a um familiar de Orival Pessini, que acusou a réplica do personagem. O pedido atenderia a uma solicitação feita pelo próprio artista, quando ainda estava vivo.

O personagem “Fofão” ficou famoso na televisão brasileira por participar de em programas infantis durante os anos 1980 e 1990. Pessini criou a figura por meio de uma técnica que usa máscaras de látex, que se movimentavam junto com o rosto.

De acordo com o pedido feito pela Agência Artística Ltda, empresa que possui os direitos autorais sobre o “Fofão”, antes de morrer Pessini pediu que “tanto as máscaras quanto os respectivos moldes de seus personagens fossem destruídos”, para evitar o uso por terceiros.

Informações de SBT News