Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Índios lotam auditório no Ministério da Saúde por retorno de convênio com ONGs

Cerca de 100 índios lotam nesta tarde de terça-feira, 8, o auditório do Ministério da Saúde, para discutir com o secretário executivo, Antônio Carlos Nardi, a assistência dada para povos indígenas. O grupo, exaltado, reivindica o retorno de convênios firmados com Organizações Não Governamentais para prestação de serviços médicos.

Há duas semanas, diante de protestos realizados em vários pontos do País, o Ministério da Saúde voltou atrás e revogou duas portarias que reduziam a autonomia da Secretaria Especial de Saúde Indígena. Depois da mudança, a pasta convocou lideranças indígenas para uma nova reunião, para discutir o formato adequado de assistência.

Grupos indígenas, no entanto, temiam que fosse hoje realizada uma proposta para municipalizar o atendimento, medida a que são historicamente contrários. O clima ainda é tenso. A previsão inicial era a de que uma reunião fosse feita ainda hoje, com o ministro da Saúde, Ricardo Barros. Diante dos ânimos acirrados, no entanto, a reunião foi transferida para amanhã.