Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Interior paulista tem vendaval e granizo

(Foto: Divulgação) - Interior paulista tem vendaval e granizo
(Foto: Divulgação)

Temporais que atingiram várias regiões do interior de São Paulo no fim da tarde de quinta-feira, 20, também espalharam estragos e deixaram pelo menos duas pessoas feridas. As vítimas foram atingidas pela queda de um muro e de árvores em Mogi Guaçu.

Uma delas precisou ser atendida no hospital da cidade. A tempestade com ventos fortes e granizo derrubou árvores, destelhou casas e deixou 30 mil domicílios sem energia elétrica. O Córrego Cantagalo transbordou, invadiu ruas e alagou o prédio do Centro Cultural - a antiga estação ferroviária.

Em Campinas, a chuva causou alagamentos e quedas de árvores nos bairros Cambuí, Jardim Aurélia, Nova Europa e São Bernardo. Em alguns pontos houve queda de granizo. O temporal com granizo afetou as cidades de Amparo e Socorro.

Na região centro-oeste do Estado, um vendaval arrancou a cobertura da arquibancada do estádio municipal de Lutécia. Em Maracaí, houve queda de um poste de energia e várias árvores - um automóvel foi atingido, mas ninguém se feriu.

O temporal deixou um rastro de árvores caídas nos municípios de Jaú, Igaraçu do Tietê e Dois Córregos. As cidades também tiveram alagamentos. Em Itararé, no sudoeste paulista, as chuvas causaram o transbordamento do Córrego da Prata. Duas casas foram alagadas e as famílias tiveram de ser removidas pela Defesa Civil. Em Sorocaba, a chuva forte do início da noite alagou avenidas e deixou motoristas ilhados. Um trecho da Avenida Dom Aguirre, a principal da cidade, sofreu alagamento e ficou interditado. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.