Massa News, notícias do Paraná e do Brasil

Curitiba, PR
Clima
21.8ºC
Massa News, notícias do Paraná e do Brasil

Mãe de Henry Borel coloca tornozeleira eletrônica

Redação

Redação

A Secretaria Estadual de Administração Penitenciária do Rio de Janeiro informou que já instalou tornozeleira eletrônica em Monique Medeiros. Ela foi denunciada pelo assassinato de seu filho, o menino Henry Borel, junto com o ex-vereador Jairo Souza Santos Júnior, o Dr. Jairinho, seu companheiro na época da morte da criança, em março do ano passado.

Foto: Tânia Rêgo | Agência Brasil

Monique deixou o Instituto Penal Santo Expedito, no Complexo de Gericinó, na zona oeste do Rio de Janeiro, na terça-feira (5) após determinação do juízo do 2º Tribunal do Júri do Rio de Janeiro, que substituiu sua prisão preventiva por liberdade monitorada, por meio do uso de tornozeleira eletrônica. A Justiça considerou as ameaças e agressões sofridas pela mãe de Henry dentro do presídio, ao tomar a decisão.

Além da obrigatoriedade do uso do equipamento de monitoramento eletrônico, Monique está proibida de manter qualquer contato com as testemunhas do caso.

O outro réu do processo, Dr. Jairinho continua preso, já que a Justiça negou a liberdade ao ex-parlamentar.

Informações da Agência Brasil

Entre no grupo do Massa News
e receba as principais noticias
direto no seu WhatsApp!

Compartilhe essa matéria nas redes sociais

Ative as notificações e fique por dentro das notícias

Dá o play Assista aos principais vídeos de hoje
Colunistas A opinião em forma de notícia