Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Morre homem baleado durante operação policial na Cidade de Deus

Uma das quatro pessoas baleadas durante uma operação policial, na Cidade de Deus, na quinta-feira, 23, morreu na sala de cirurgia do Hospital Municipal Lourenço Jorge, na Barra da Tijuca, zona oeste do Rio. Hermes Silva, de 70 anos, foi atingido com um tiro na coxa, depois que policiais da Coordenadoria de Recursos Especiais (Core) e da Divisão de Homicídios entraram na favela para cumprir mandados de prisão da operação Jogo Limpo.

A ação teve o objetivo de prender suspeitos de envolvimento no assassinato do torcedor do Botafogo, Diego Silva dos Santos, no dia 12 de fevereiro. Todos integravam a Torcida Jovem do Flamengo.

A Polícia Civil não respondeu se todos os baleados eram suspeitos. Porém, por meio de nota da assessoria de imprensa, afirmou que um dos feridos, Leonardo Santana Simonard dos Santos, de 20 anos, portava uma pistola calibre 40, com numeração raspada.

"Esse elemento teria trocado tiros com a polícia, que foi recebida a tiros, inclusive de fuzil, na Cidade de Deus", informou. Questionada se comentaria a morte de Hermes Silva, o órgão não respondeu.

Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, os outros feridos têm quadro estável. Moradores acusaram a polícia de ferir inocentes e, à tarde, protestaram, bloqueando a estrada Miguel Salazar com objetos e fogueiras. Os policiais desobstruíram a via. Um vídeo com os feridos circula na internet.