Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Prefeitura de Pereira Barreto confirma morte de mulher pela gripe H1N1

A prefeitura de Pereira Barreto, na região noroeste do Estado de São Paulo, confirmou nesta segunda-feira, 4, a morte de uma mulher de 61 anos pelo vírus H1N1. A vítima estava internada no Hospital Regional de Ilha Solteira e o resultado dos exames apontou a infecção pelo vírus. A Secretaria de Saúde do município já realizou ações de bloqueio e para detectar possíveis novos casos. Os óbitos foram registrados em dez municípios da área. A Secretaria da Saúde do Estado antecipou a vacinação contra a gripe na região.

A Vigilância Epidemiológica de Adamantina, no oeste paulista, confirmou também nesta segunda-feira a morte de uma mulher de 57 anos pelo H1N1. A paciente estava internada num hospital de Presidente Prudente. O diagnóstico foi confirmado por exames laboratoriais. Na região, outros dois óbitos estão em investigação. As vítimas eram moradoras de Caiuá e Presidente Venceslau. Um morador de Lutécia, na mesma região, está internado na Santa Casa de Adamantina com sintomas da doença.

Criança

A Secretaria de Saúde de Pindamonhangaba, no Vale do Paraíba, investiga a morte de uma criança de três anos com suspeita de H1N1. O menino foi internado na sexta-feira, 1º, com sintomas da doença, mas foi medicado e liberado. No dia seguinte, voltou a ser internado já em estado grave e não resistiu. A criança estudava num centro de educação infantil do bairro Araretama, onde morava. Todas as crianças da unidade estão sob acompanhamento.

Grupo do Massa News no WhatsApp

Receba as principais notícias do dia direto no seu celular.

  Entrar no grupo