Massa News, notícias do Paraná e do Brasil

Curitiba, PR
Clima
27ºC
Massa News, notícias do Paraná e do Brasil

Sacadas de prédio desabam em ‘efeito dominó’ em Balneário Camboriú

Folhapress

Folhapress

GIORGIO GUEDIN
FLORIANÓPOLIS, SC (UOL/FOLHAPRESS) – Cinco sacadas de um edifício residencial desabaram no fim da tarde desta quinta (12) em Balneário Camboriú (SC). O dano iniciou com o colapso no sétimo pavimento, ocasionando, sucessivamente, a queda total de quatro sacadas e a queda parcial da estrutura no terceiro pavimento.

Foto: Corpo de Bombeiros Militar de Balneário Camboriú/Divulgação

A Defesa Civil determinou o escoramento imediato das demais sacadas não afetadas no imóvel. Parte do prédio segue interditado.

Segundo o Corpo de Bombeiros, a ocorrência teria iniciado devido a uma explosão, mas foi constatado que não houve nenhum indício de vazamento de gás GLP. Foi realizada a evacuação total do prédio para perícia. Ninguém se feriu na ocasião.

Conforme a Defesa Civil do município, após a verificação da área, não foi encontrado nenhum problema estrutural no edifício. Porém, os apartamentos que tiveram as sacadas comprometidas, hall de entrada e parte da via em frente ao condomínio foram interditados.

Leia mais:

“Os demais apartamentos foram liberados e orientamos aos moradores que não usem as sacadas”, afirmou Fabrício Melo, diretor da Defesa Civil do Município. Dos apartamentos interditados, alguns estavam vazios, um era usado para aluguel por temporada (devolvido nesta quinta), e os demais moradores foram para hotéis.

O órgão afirmou que o edifício estava com a inspeção predial em dia e que, na última vistoria, não foram apontados problemas referentes às sacadas. Foi solicitado ao condomínio que, ainda nesta sexta-feira (13), seja feito um escoramento das demais sacadas, além de um laudo que avalie a estrutura, com o acompanhamento da Defesa Civil.

A Defesa Civil apontou as hipóteses trabalhadas para tentar explicar o ocorrido, que vão desde uso inadequado de materiais até problemas com conservação. “A suspeita é que na marquise superior eles tenham usado, na construção, um ferro mais curto e, fora isso, pode ter ocorrido infiltração, fissuras e falta de manutenção e acabou juntando tudo, ficando uma construção com má conservação e dando o problema”, apontou Melo.

O ator Kauan Quadros e a família do companheiro dele estavam no edifício, em um apartamento no primeiro pavimento, no momento do desabamento. Em entrevista à reportagem, ele achou que, como havia uma obra na rua, quando ouviu um estrondo, poderia ser por causa das máquinas.

“Eu fui na sacada olhar para baixo e vi que não tinha nada, e vi, do lado, aquilo tudo desabando, muita poeira, pedregulho, muita coisa caindo e, rapidamente, eu corri para dentro do apartamento, na tentativa de sair do prédio”, conta. “Estávamos em oito pessoas dentro do apartamento e foi uma grande correria”.

Veja também:

Na minha cabeça, o prédio estava desabando. Não percebi que eram só as sacadas. Foi um trauma, está bem complicado. Agora fiquei com medo de ‘aparecer’ em qualquer sacada.

Quadros comenta que, no momento do desabamento, havia idosos, crianças e animais de estimação no edifício. A família do companheiro do ator passaria férias de 10 dias em Balneário, vinda do Rio Grande do Sul. Eles deixaram o apartamento ainda ontem e também foram para um hotel.

Entre no grupo do Massa News
e receba as principais noticias
direto no seu WhatsApp!

Compartilhe essa matéria nas redes sociais

Ative as notificações e fique por dentro das notícias

Dá o play Assista aos principais vídeos de hoje
Colunistas A opinião em forma de notícia