Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Suspeito é morto por fuzileiros navais em troca de tiros na zona norte do Rio

Um homem ainda não identificado morreu ao trocar tiros com fuzileiros navais, que faziam uma ronda na Avenida Brasil, próximo ao Instituto Nacional de Traumatologia e Ortopedia (Into), na zona norte do Rio de Janeiro. Segundo as primeiras informações, o homem foi baleado quando tentava assaltar motoristas na via nesta quarta-feira, 15.

Surpreendido pelos fuzileiros, o suspeito começou a atirar e os militares revidaram. O corpo ainda estava no local no final da manhã à espera da chegada dos peritos. A movimentação chamou a atenção de pessoas que passavam pelo local e gerou relatos em redes sociais. Por causa da ocorrência, um grande engarrafamento foi formado na Avenida Brasil e em seus acessos.

Militares

As Forças Armadas chegaram nesta terça-feira, 14, ao Rio para reforçar o policiamento da cidade. Nove mil homens começaram a atuar à meia-noite.

A presença dos militares foi autorizada pelo presidente Michel Temer após pedido do governador Luiz Fernando Pezão (PMDB). Os militares devem ficar no Rio até a próxima quarta-feira, 22, mas esse prazo ainda pode ser estendido.