Brasileiro que tentou matar vice-presidente da Argentina é acusado de pedofilia

Na Argentina, o brasileiro que tentou matar a vice-presidente Cristina Kirchner foi acusado de mais um crime: pedofilia.

Segundo o jornal Clarín, foram encontrados mais de 100 fotos e vídeos de pornografia infantil no celular de Fernando Sabag Montiel. O aparelho havia sido apagado, mas o conteúdo foi recuperado num cartão de memória. 

O brasileiro e a namorada continuam presos.

Informações de SBT News